Rolândia: motociclista bate em cavalo e morre

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
  1. Home
  2. /
  3. Notícias Antigas
  4. /
  5. Rolândia: motociclista bate em...

    Um homem morreu depois de bater a sua moto em um cavalo solto na BR-369, em Rolândia, no trecho próximo aos Cinco Conjuntos, na noite de quinta-feira (22). José Aparecido de Oliveira, 63 anos, morreu no local e os socorristas nada puderam fazer ao chegar no acidente. O animal não foi encontrado no local, mas já se sabe que ele é cadastrado pela prefeitura, que tem o nome de seu proprietário e vai repassá-lo ao delegado de polícia de Rolândia, Bruno Rocha.


   Há alguns telefones disponíveis para se alertar quando um animal maior estiver solto e isso tem acontecido, mas geralmente durante o dia. Durante a noite, ou de madrugada, não há como recolher um animal se a empresa não for avisada – não há como adivinhar onde os animais estarão soltos. Por isso, é importante avisar aos órgãos responsáveis quando algum animal for visto – a qualquer horário.

    Telefones
    Os telefones disponíveis para recolhimento de animais são os da secretária de Meio Ambiente (3156-0333), Vigilância Sanitária (3906-1126) – esses em horário comercial e durante os dias de semana. Fora do horário, durante a noite e madrugada, em finais de semana ou feriado, deve-se ligar para o Corpo de Bombeiros (193) e a Polícia Militar (190 ou 3255-2566), que irão entrar em contato com a empresa para recolher o animal.
Animais soltos

   O número de animais soltos pelo município de Rolândia diminuiu bastante com a contratação de uma empresa para recolhê-los. Ainda assim, quando algum animal grande se envolve em acidente, geralmente, há ferimentos graves e óbitos – foi o que aconteceu na quinta-feira, apesar de o animal, uma égua, não ter se machucado seriamente, só teve alguns ralados. Neste sábado (24), a empresa recolheu mais três cavalos durante o dia em Rolândia – eles foram levados até o local que a prefeitura mantém. “Eles ficam aqui por 5 dias e, se os donos não vierem buscar, são doados”, explicou o colaborado da empresa.
Adoção de animais
    As pessoas que tiverem chácara ou sítio e, quiserem adotar os animais que estão no abrigo, devem procurar o Poder Público e se manifestar. O telefone é o da Secretária de Meio Ambiente (43 3156-0333).

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

VEJA TAMBÉM: