Trabalho de orientação com crianças

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
  1. Home
  2. /
  3. Notícias Antigas
  4. /
  5. Trabalho de orientação com...
A Secretaria Municipal de Saúde de Rolândia fez um trabalho de orientação com alunos das escolas municipais San Fernando, Parigot de Souza, Garrastazu Médici, Vitório Franklin e Mario do Carmo na quarta-feira (17). O objetivo da ação foi conscientizar as crianças quanto às medidas simples que podem ser tomadas em suas próprias casas, para combater o mosquito da dengue.

Segundo Marcelo Marques Ferreira, diretor de Vigilância em Saúde, práticas como não acumular água em latas, embalagens, copos plásticos, tampinhas de refrigerantes, pneus velhos, vasinhos de plantas, jarros de flores, garrafas, caixas d´água, tambores, latões, cisternas, sacos plásticos, lixeiras, são efetivas no combate ao mosquito transmissor da dengue, Zika vírus e Chikungunya.

Em dias chuvosos, o setor de Vigilância em Saúde intensifica o combate às doenças. “A participação e colaboração da população são fundamentais para combatermos a dengue”, afirma Ferreira.

De janeiro até o momento, há 11 casos confirmados de dengue. Nove pessoas contraíram a doença em Rolândia e duas em outra cidade. Não há casos de Zika vírus e Chikungunya registrados no município. 

Se os rolandenses tiverem alguma dúvida ou quiserem mais informações sobre o assunto, podem entrar em contato com o Setor de Endemias, pelos telefones (43) 3906-1141 e (43) 3906-1126.

Erro do Estado
Na semana passada, a Secretaria Estadual de Saúde divulgou um boletim com os números dos casos de dengue em todo o estado. No relatório, constava que Rolândia tinha registrado 358 casos confirmados de dengue, entre agosto de 2015 e fevereiro de 2016.

Segundo Ferreira, o número divulgado não correspondia a real situação do município. O diretor relata que, assim que viu o boletim, verificou os dados da Secretaria Municipal de Saúde e constatou que o número era incorreto. Na verdade, foram 26 casos registrados em Rolândia.

Ferreira contatou a Secretaria Estadual. De acordo com ele, o número correto foi passado à 17ª Regional de Saúde, em Londrina, que repassou os dados ao Estado. Segundo informações, o erro ocorreu na Regional. 

A Secretaria Estadual de Saúde se retratou e divulgou uma nota de retificação dois dias depois do ocorrido.
idagencia

idagencia

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

VEJA TAMBÉM: