Editorial – Edição: 721 – sexta-feira, 05-04-19

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
  1. Home
  2. /
  3. Notícias Antigas
  4. /
  5. Editorial – Edição: 721...

    Olá, leitor e leitora do JR!

    Muitas notícias na área política, esportiva, de saúde, nesta semana em Rolândia. Comecemos pela política: o vereador Alex Santana foi eleito para a presidência da Câmara com 9 votos dos 10 possíveis – apenas a vereadora Edileine Griggio não votou em Alex, que era candidato único e é do mesmo partido do último presidente, Eugênio Serpeloni. Depois de ser eleito, Alex falou com a reportagem do JR e pediu harmonia e trabalho em conjunto entre os poderes Legislativo e Executivo – ainda nesta semana, foi até o gabinete do prefeito Francisconi. Ainda sobre o presidente da Câmara, ele passou por uma cirurgia no cérebro ontem no Honpar, em Arapongas. Ocorreu tudo bem e ele continua internado para se reestabelecer.
    Falando em Saúde, neste sábado será realizada a Conferência Municipal, na qual serão eleitas e homologadas as entidades que comporão o Conselho Municipal de Saúde, além da escolha dos delegados que representarão o município na Conferência Estadual. Mais do que isso, a conferência decide os rumos da saúde de Rolândia para os próximos quatro anos e precisa das sugestões e participação das pessoas. Por isso, vai aqui mais um convite: leia a matéria na página de saúde e participe da Conferência neste sábado lá na escola municipal Sebastião Feltrin.
    Agora, o esporte. Comecemos pela jogadora de voleibol Paloma, rolandense que foi eleita a melhor central da Superliga Peruana. Paloma estava estudando em Santa Catarina e treinando para o gasto. Recebeu o convite, aproveitou a chance e agora pode ter novas portas abertas para ela em sua carreira. Lembremos que ela tem apenas 24 anos.
    Mudando de esporte, agora vamos de futebol: NAC e REC estreiam na Segundona 2019 neste domingo, ambos fora de casa. O Nacional vai até São José dos Pinhais e o Rolândia Esporte Clube joga em Prudentópolis. A briga é para estar entre os dois melhores (entre 10) times do campeonato e subir para a Primeirona em 2020. Já imaginaram os dois times de Rolândia na 1ª divisão? Mais uma coisa, as partidas do Nacional e do REC, inclusive o derby entre os dois no dia 24, serão realizadas durante o dia, aparentemente por causa de um furto de fios no estádio Erich Georg. Agora, o primeiro jogo da história entre os dois times de Rolândia ser disputada numa quarta-feira à tarde? É para acabar.
Josiane Rodrigues
Editora
José Eduardo
Editor

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

VEJA TAMBÉM: