Secretário desabafa em rede social

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
  1. Home
  2. /
  3. Notícias Antigas
  4. /
  5. Secretário desabafa em rede...

O
secretário de Planejamento e Desenvolvimento Econômico, Dario Luiz Campiolo,
usou a sua conta na rede social para fazer um desabafo quanto à perseguição
sofrida por ele na mesma rede social. O secretário esteve envolvido em uma
polêmica em janeiro, quando viajou e foi muito criticado, já que Rolândia
passava por um caos por causa das chuvas; quando recebeu o salário
integralmente nesse mês, também foi alvo de críticas – o dinheiro referente aos
dias que este fora foi devolvido. Agora, as suas diárias em viagens para
Curitiba é que foram alvo nas redes sociais. Campiolo publicou o texto em sua
conta no Facebook na manhã de terça-feira (1º) – confira o texto na íntegra.

“Vejo
que tem pessoas desinformadas ou mal intencionadas nas redes sociais, sendo
assim achei melhor esclarecer alguns fatos. Sobre a minha viagem a Curitiba
ocorreu um erro de lançamento dos valores gastos e, ao corrigi-lo, o
funcionário responsável da prefeitura esqueceu-se de baixar do site da
transparência o valor incorreto, aparecendo a somatória dos valores. Tanto é
que lá aparecem 2 viagens mas na verdade fora apenas uma viagem. Recebi R$
295,00 da diária conforme valor oficializado em Decreto para viagens de
funcionários mais R$ 519,00 do valor das passagens aéreas, totalizando R$ 814,00
e não R$ 1.333,00 como fora divulgado. Estive em Curitiba, dentre outras
demandas, para levar e discutir tecnicamente com a Engenharia do DER, 11
projetos de reconstrução de pontes e vias rurais, totalizando mais de R$ 5
milhões em obras.

Também
sobre as minhas férias em janeiro, quero dizer primeiramente que há mais de 30
anos tiro férias nessa data, por não ser possível fazê-lo noutro mês em função
de agenda particular. Em segundo lugar não dei qualquer prejuízo ao erário,
antes de viajar informei ao departamento pessoal da minha ausência por 10 dias
onde anotaram na ficha como desconto nas férias, ou seja, salário integral em
janeiro e 20 dias de férias a tirar. Mas como pessoas do mal resolveram dar
noticia como se eu tivesse me beneficiando, foi alterado a condição, ou seja,
20 dias de salário em janeiro em 30 dias de férias a tirar. Nas 2 formas o
prejuízo é zero para o erário. Mas para essas pessoas quero dizer que estou
empenhado nos projetos de recuperação da cidade onde teremos até o dia 09 de abril
para encaminhá-los a defesa civil em Brasília, serão mais de 30 projetos.

Além
deles ainda temos que iniciar projetos de reforma do PA da Vila Oliveira, uma
UPA, creche e escola dos novos conjuntos (Perazolo, Tomie e Francischini), 3
rotatórias nas 3 saídas da cidade, a nova av. Hungria, barragem do Ingazinho e
outros tantos projetos. Finalizando, me deixem trabalhar em paz e aos que
tiverem qualquer dúvida, me procure na prefeitura onde estarei à disposição
para atendê-los. Chego lá bem cedo, às vezes por volta das 6:30, e só saio
depois das 6 da tarde. Aos que compartilharam ou fizeram comentários maldosos,
por favor, deletem. Não construam a mentira. Vamos pensar na cidade. É o que
estou fazendo com afinco, usando todo o meu conhecimento em engenharia.
Obrigado.”

idagencia

idagencia

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

VEJA TAMBÉM: