Dida foi a Brasília ver andamento de decreto de calamidade pública

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
  1. Home
  2. /
  3. Notícias Antigas
  4. /
  5. Dida foi a Brasília...
O vereador Maico Dida (PT) esteve em Brasília na semana passada para entregar um pedido à senadora Gleisi Hoffmann (PT) e ao deputado federal Enio Verri (PT), para que acompanhassem o trajeto do decreto de calamidade pública.

No dia 14 de janeiro, após os estragos provocados pela chuva, o prefeito de Rolândia, Luiz Francisconi (PSDB), decretou estado de calamidade pública no município. Um pedido emergencial foi enviado para o governo federal, que deveria analisar o projeto e enviar um recurso no valor de R$ 447 mil para o município cobrir os custos com os reparos que seriam necessários.

Segundo Maico, o governo teria 30 dias para liberar o recurso. O prazo terminou e a verba não veio. O vereador foi então para Brasília, verificar qual tinha sido o problema.

Maico explica que o governo federal não envia mais verba para o município para os itens solicitados pelo prefeito, como compra de óleo diesel e contratação de máquina e trabalhadores. “O governo não manda recurso em dinheiro para isso há algum tempo”.

Esse foi o motivo da recusa do governo federal em mandar a verba solicitada e o município perdeu o primeiro pedido.
O que deve ser feito agora, segundo Maico, é um segundo pedido referente ao decreto. Dentro de 90 dias, a contar da data em que decretou o estado de calamidade pública, o prefeito precisa apresentar os projetos com fotos de todas as estradas rurais, pontes e edificações que foram danificadas pela chuva. “Fomos orientados pela assessoria da senadora a encaminhar todos os projetos”, esclarece o vereador.

“Agora, é responsabilidade de Francisconi respeitar o prazo e enviar os projetos para análise do governo federal. O Ministério da Integração tem que analisar a parte técnica, como analisaram o pedido emergencial”, concluiu Dida.
idagencia

idagencia

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

VEJA TAMBÉM: