Auxílio emergencial: mulheres chefes de família recebem nesta terça

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
  1. Home
  2. /
  3. Notícias Antigas
  4. /
  5. Auxílio emergencial: mulheres chefes...

    A informação passada anteriormente não só pelo JR, mas também por todas as demais mídias informava que o pagamento das mulheres chefes de família seria feito nesta segunda-feira (13). Mas na manhã desta segunda-feira (14) a Caixa Econômica Federal informou que este foi o prazo fixado para a Dataprev enviar os dados ao banco para o pagamento ser efetuado somente a partir da terça-feira (14).

    A lei que criou esse benefício determina que essas mulheres recebam uma cota dupla, mesmo que haja outra pessoa na família elegível para o benefício. Para os demais trabalhadores informais e contemplados pela medida, o valor é de R$ 600. Esta segunda-feira (13), esclareceu a Caixa, é o prazo limite para a Dataprev, órgão responsável pelo processamento das informações, fornecer os dados para o banco pagar os benefícios somente neste dia 14.

    Todas as mulheres que se enquadrem nos critérios, ou seja, que sejam chefes de família que tenha pelo menos um menor de 18 anos e que tenham se cadastrado receberão o auxílio neste dia. Para os demais trabalhadores informais e contemplados pelo auxílio emergencial, o valor é de R$ 600.

    No entanto, segundo o Ministério da Cidadania, no momento do cadastro será exigido o preenchimento do número do CPF dos filhos e dependentes das trabalhadoras não inscritos no Cadastro Único (CadUnico) e que não são beneficiários do Programa Bolsa Família. Segundo a pasta, neste caso, o CPF será obrigatório.

    A Caixa Econômica Federal informou que “para realizar o requerimento do auxílio emergencial, é necessária a informação do CPF do requerente e de todos os membros que moram no mesmo domicílio e dividem renda e despesa, independentemente da idade”.

    Segundo o banco, não é necessário correr nem formar aglomerações nas agências e na rede de casas lotéricas.

    “Visando cumprir as recomendações sanitárias de não gerar aglomerações que possam expor as pessoas ao risco de contágio à Covid-19, o planejamento foi elaborado de modo que todos os beneficiários recebam seus recursos de forma segura, organizada e transparente, com o auxílio de aplicativo que poderá ser baixado pelo celular, além do site auxilio.caixa.gov.br e central telefônica exclusiva 111”, informou a Caixa.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

VEJA TAMBÉM: