+Artes: O que esperar – Batman Vs Superman – por Samuel Bertoco

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
  1. Home
  2. /
  3. Notícias Antigas
  4. /
  5. +Artes: O que esperar...
Chegou! Um dos filmes mais aguardados de 2016 estreou na última semana. Muita gente já fez cara feia para os trailers – eu, inclusive – e agora todos irão tirar a provinha. Comentei brevemente sobre ele em outro texto, onde incluí todos os heróis na telona em 2016, mas se tratando de duas das maiores criações de gibis, merecem uma menção à parte. Iria fazer um review do filme depois de ter visto, mas não deu tempo de ir ver gosto mais de fazer previews mesmo. 

O filme vai contar o que rolou após Homem de Aço, de 2013, quando Zod e Superman destruíram toda Metrópolis lutando. Batman acaba não gostando muito de a população enxergar o Super como um semi-deus – ou deus mesmo – acreditando que se alguém com esse poder resolve se voltar contra nós estaríamos ferradis, e resolve que cabo da situação. 

É um embate interessantíssimo “se tivéssemos na Terra alguém com o poder de um Super Homem, ficaríamos a cargo de sua bondade/maldade? O veríamos como um ser superior a ser adorado? E como faríamos para pará-lo caso fosse necessário? O problema é que o diretor costuma ter mania de grandeza, e pelos trailers deu para sacar que de longe não vai focar nessa discussão, o que para mim, seria o maior acerto.

De cara, há excesso de personagens: Mulher Maravilha, Lex Luthor, Lois, Alfred, ponta do Aquaman e até o Apocalipse – um dos maiores vilões do Super, no mesmo filme que Luthor é um exagero à parte. Eu sei que o filme pretende formar a “base” para da Liga da Justiça e do Universo DC, e precisa acelerar porque a Marvel fez isso há tempos, mas é um erro introduzir personagens dessa importância todos de uma vez em um mesmo filme.

Outro medo é que o diretor Zack Snyder tem mania de explodir tudo e colocar tanta ação, que nenhuma cena se torna realmente “memorável” ou diferenciada. No mais, acho que não vai ser um super filme, mas vai introduzir o tão aguardado Universo DC nos cinemas de forma eficiente, e eu que nem vi já fico imaginando o que melhorar para o próximo.
Samuel M. Bertoco é formado em Marketing e Publicidade
idagencia

idagencia

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

VEJA TAMBÉM: