Anjos: PMs visitam João Pedro, cuja vida foi salva por eles

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
  1. Home
  2. /
  3. Notícias Antigas
  4. /
  5. Anjos: PMs visitam João...

   Os policiais Fábio Gabriel Gonçalves e Luan Fernando de Oliveira Neves, da Rádio Patrulha do 15º BPM, visitaram e levaram presentes para o menino João Pedro, de 8 anos de idade. Os PMs puderam abraçar a criança, que foi salva por eles na quarta-feira (03). João Pedro sofreu uma tentativa de homicídio por parte de seu próprio pai, que continua foragido.



   O encontro aconteceu na manhã deste sábado (06) e os policiais jogaram bola com João Pedro, que mostrou habilidade fazendo embaixadinhas. “A gente está preparada para qualquer ocorrência, mas quando aparece uma dessas, dá uma balançada. Pedimos pra Deus guiar nossas mãos e graças a Ele conseguimos recuperar a vidinha desse menino, desse anjo de Deus”, afirmou o soldado Gabriel, de 35 anos, que está na Polícia há sete.

   Gabriel revelou que pensava em sua filha de três meses durante toda a operação com o menino. “João Pedro estava caído, com o rosto já roxo, com o fio enrolado no pescoço e sem respirar”’, relembra o PM. “Nos fizemos a manobra de reanimação e graças a Deus o menino voltou a respirar”, complementou o soldado Luan, de 28 anos, que é policial há seis anos.


O acusado
   De acordo com informações levantadas pelo JR, o advogado do pai do menino já teria procurado o delegado de Sertanópolis. A expectativa é que ele se entregue nos próximos dias à polícia – ele é acusado de tentativa de homicídio.

O caso
   João Pedro foi vítima de uma tentativa de homicídio na noite da quarta-feira (03) em Sertanópolis. O autor do crime é o próprio pai do menino, que tentou estrangular a criança com um fio elétrico e também tentou asfixiá-lo com um travesseiro. A ocorrência teve início quando a Policia Militar recebeu a ligação da mãe da criança informando que seu ex-marido havia levado o filho para passear e que, após alguns minutos do passeio, ligou dizendo que iria matar o menino e depois iria cometer suicídio.
   De imediato, a equipe que estava em patrulhamento próximo ao endereço foi até a residência do homem. Ao chegarem notaram uma movimentação estranha dentro da casa. Ao entrarem no local, a polícia se deparou com um homem portando uma faca na mão e pulando o muro do quintal na parte dos fundos. Neste mesmo momento, a PM encontrou a vítima na sala da residência com um travesseiro em seu rosto e um fio elétrico em volta de seu pescoço.
   A polícia percebeu que a criança não estava respirando e que não havia pulsação. Neste momento, foi iniciada a manobra de reanimação e, após aproximadamente 60 segundos, a criança voltou a respirar e recuperou a consciência. A própria viatura da PM levou o menino para o hospital São Lucas de Sertanópolis, pois a criança não apresentava sinais vitais e ainda estava muito fraco. Após ser atendida, a vítima foi colocada rapidamente em máscara de oxigênio e depois disso uma unidade avançada do Samu a encaminhou para a cidade de Londrina para demais exames e procedimentos. Neste momento ela se encontrada internada no Hospital Infantil de Londrina. Plantonistas do Conselho Tutelar também foram acionados.
   Após este momento, a Polícia Militar retornou ao local do crime, para efetuar patrulhamento na tentativa de localizar o autor da tentativa de homicídio. Até o momento o homem não foi localizado – ele está sendo procurado por toda a Polícia da região e do Estado. 

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

VEJA TAMBÉM: