Eleições JR: Gorla foi o 1º pré-candidato entrevistado

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
  1. Home
  2. /
  3. Notícias Antigas
  4. /
  5. Eleições JR: Gorla foi...

    O Jornal de Rolândia deu início a um conteúdo especial sobre as Eleições Municipais 2020. O JR Eleições é um quadro de entrevistas com os pré-candidatos a prefeito do de Rolândia e o primeiro entrevistado foi o professor e consultor empresarial Marcello Christiano Gorla, 47 anos, do PSDB. O programa foi transmitido ao vivo, pelo YouTube e pelo Facebook do JR, na terça-feira (30) e começou às 20 horas – teve cerca de 1 hora de duração. A entrevista ainda pode ser assistida nas duas plataformas: pelo YouTube no Canal JR Rolândia (entre e se cadastre) e no Facebook.com/JornalDeRolandia. Nesta terça (07), às 20 horas, será a vez de Renato Sartori, 46 anos, do PTB.

    É importante ressaltar que a Câmara dos Deputados aprovou, na quarta-feira (01), a mudança das eleições municipais de 2020, em razão da pandemia do novo coronavírus. As novas datas são: 1º turno em 15 de novembro e 2º turno em 29 de novembro, nas cidades em que for necessário, que não é o caso de Rolândia. O texto foi aprovado em definitivo. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), anunciou que o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), convocará uma sessão do Congresso para promulgar a PEC Proposta de Emenda à Constituição. Com isso, ela já passa a valer.

    Marcello Gorla
    Na terça (30), o JR entrevistou o pré-candidato Marcello Gorla, que nos explicou melhor sobre este processo pelo qual ele irá participar neste ano. O pré-candidato é rolandense e neste momento atua como Consultor Empresarial e Professor. Ele tem formação em Ciências Contábeis, Mestrado em Controladoria e Doutorado em Administração e Contabilidade. Ele é pai de três filhos e se considera uma pessoa apaixonado por Rolândia. Durante a entrevista o pré-candidato respondeu a perguntas que foram enviadas ao Jornal de Rolândia por meio de setores públicos.
  
    Setor de Saúde
    Uma situação já há muitos anos discutida é sobre o ampliação do horário de atendimento do Pronto Atendimento (PA) da Vila Oliveira, que atualmente atende 15 horas e a sugestão seria um atendimento 24 horas. Sobre este assunto, Marcelo afirmou que a situação encontrada em Rolândia é um caso bem diferente do que é encontrado nos demais munícipios, que em sua maioria conta com o atendimento 24 horas.

    “Se nós formos passar para este atendimento 24 horas que tanto é solicitado vamos poder contar com verbas federais para a estrutura física. Estudos afirmam que com este aumento no atendimento o município poderia receber até 100 mil reais de verbas federais, o que não seria suficiente para arcar com todos os custos, que segundo o próprio setor de saúde municipal o custo seria R$ 250 mil mensal”, afirmou.

    Segundo o pré-candidato, para existir um Pronto Atendimento atendendo 24 horas na cidade seria necessário buscar outras fontes de recursos. Para isso, ele cita uma reformulação no contrato atual que o município tem estabelecido com o Hospital São Rafael, e também o corte de cargos comissionados do setor público.

    Indústrias em Rolândia
    Para o pré-candidato, trazer novas indústrias para atuar no município acarreta em muitos benefícios, como a melhora na arrecadação municipal e melhores oportunidades de emprego aos moradores. “Entretanto, apesar dos benefícios, este é um ano onde os empresários que já estão em atuação precisam de ajuda. O prefeito que assumir no início do ano que vem vai precisar, de algum modo, acolher esses empresários para que o fechamento destas empresas seja evitado ao máximo”, assegurou.

    Turismo e cultura
    O pré-candidato afirmou que o melhor método de captar recursos, para investir em melhorias ligadas ao setor de turismo e cultura da cidade, é o gestor olhar com cautela tanto para as fontes de receita do município quanto para as aplicações destas receitas. “Também existe uma possibilidade de parcerias do setor público com o privado, que existe desde 2004 em nossa constituição brasileira, que permitem aos interessados da área privada assumirem determinadas administrações de alguns setores, em especial na área de turismo e cultura. Então, a minha proposta é ir atrás destas parcerias”, afirmou.

    Não perca!
    Continue acompanhando as entrevistas especiais que o JR Eleições fará com todos os pré-candidatos a prefeito de Rolândia nas próximas semanas, e conheça as propostas que cada um deles tem para o município em seus quatro anos de mandato. Na próxima terça, dia 07, é a vez do ex-vereador e agora pré-candidato Renato Sartori (PTB).

    Cadastre-se no Canal JR Rolândia, no YouTube, ou siga o JR no Facebook: JornalDeRolandia. 

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

VEJA TAMBÉM: