Venda de bicicletas aumentou durante a pandemia

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
  1. Home
  2. /
  3. Notícias Antigas
  4. /
  5. Venda de bicicletas aumentou...

    Com o fechamento do comércio entre os meses de março e abril, alguns estabelecimentos comerciais tiveram a oportunidade de utilizar o método de delivery para continuar ofertando seus produtos. Agora, com um novo Decreto Municipal, que fechou novamente os comércios entendidos como não essenciais, a estratégia de delivery deverá ser novamente colocada em prática.

    Entretanto, alguns seguimentos comerciais possuem uma maior dificuldade para vender as mercadorias no método à distância. Este é o caso da loja Casa das Bicicletas, que tem mais de 40 anos no ramo de Rolândia. O proprietário da loja, Murilo Ferreira Moraes, 25 anos, explicou que no período de dez dias que a loja esteve fechada em março as vendas das bicicletas caíram em 80%. Segundo ele, a queda nas vendas entre fevereiro para março foi de cerca de 200%. “Neste período quase ficamos no zero de vendas de bicicletas. Na parte de consertos oferecidos pela oficina que também faz parte da loja, a queda no oferecimento do serviço foi de 70%. Nós íamos buscar as bicicletas na casa dos clientes para fazermos a manutenção”, explicou.

    Serviço essencial
    O proprietário explicou que no começo de abril, a loja pode abrir as portas novamente, pois a Assembleia Legislativa do Paraná entendeu as bicicletarias como serviços essenciais no enfrentamento da emergência de saúde pública. “Com isso, desde o dia 02 de abril até o final do mês, tivemos um aumento de 100% nas vendas de bicicletas com a reabertura da loja. O mesmo correu do mês de abril para maio, acabamos vendendo o dobro do vendido em abril”, assegurou.

    No mês de junho, Murilo revelou que houve um aumento de 70% na venda das bicicletas, bem como a procura na parte de oficina. “Com as academias fechadas e campos de futebol inativos, o pessoal que sentiu a necessidade de praticar alguma atividade física buscou correr a atrás de conserto e compra de bikes”, contou. “Os pais também foram atrás de bicicletas para fazer passeios com os filhos, que não estão nas escolas”, complementou.

    O proprietário chegou até mesmo fazer um comparativo nas vendas do ano de 2019 para o mesmo período deste ano de 2020. “Percebi que houve um aumento nas vendas de 200%. A procura pelos consertos também aumentou bastante comparado ao ano passado. Estamos recebendo bastante bicicleta para manutenção”, revelou.
A Casa das Bicicletas está localizada na Av. Presidente Vargas 2755. Saiba mais pelos fones (43) 3015-4300 e 9.9601-5806 (Whats).

    Alguns dados
    Rolândia sempre foi considerada uma cidade das bicicletas devido a sua topografia. Essa característica foi ressaltada pelo Instituto de Tecnologia e Desenvolvimento Econômico e Social (Itedes) na elaboração do Plano de Mobilidade Urbana. Os técnicos do Itedes apresentaram que, dos rolandenses entrevistados, quase 20% utilizam a bicicleta como meio de transporte. Em 2016, houve 133 acidentes com bicicletas.

    Outro dado interessante revelado pela pesquisa do Itedes foi a preferência pela adesão ao uso da bicicleta, desde que fossem feitas melhorias na infraestrutura da cidade: mais de 86% dos entrevistados afirmou que utilizaria a bicicleta. Os passeios e as voltas ciclísticas também são tradicionais no município, confirmando a bicicleta com uma verdadeira “cara” de Rolândia. 

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

VEJA TAMBÉM: