Prefeitura de Rolândia deve adquirir antigo Cala

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
  1. Home
  2. /
  3. Notícias Antigas
  4. /
  5. Prefeitura de Rolândia deve...
    A prefeitura de Rolândia está fazendo a aquisição do imóvel do antigo Colégio Armando do Lago Albuquerque, chamado de Colégio Cala, localizado na rua Santa Catarina, quase em frente ao cemitério municipal central. 

    Essa aquisição pode beneficiar diretamente a Escola Municipal Arthur Costa e Silva, que poderia ser aumentada e atender a mais estudantes. Segundo Ernesto Nogueira, secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, o espaço era do Colégio Cala, instituição fundado em 1995 e que tinha como atividade principal o Ensino Médio.

    “A metragem deste espaço do antigo Cala é de cerca de 1,5 mil m² e o local foi avaliado em R$ 1,3 milhão, mesmo valor de avaliação do terreno que daremos em troca aos proprietários do Cala. Todo esse processo de permuta passou pela aprovação da Câmara Municipal e esta área pode ser muito útil para a Escola Costa e Silva”, explicou o secretário.

    Terreno no Pioneiros
    O imóvel do antigo Cala, que era até então de propriedade particular, passará a ser da prefeitura e, em troca, o município oferece um terreno de 6,2 mil m² localizado na região do jardim Pioneiros. A aquisição do terreno está em fase de escrituração e, mesmo com a troca de governo em 2021, o atual secretário garante que a permuta está praticamente oficializada.

    Expansão
    O terreno adquirido pela prefeitura pode beneficiar diretamente a Escola Costa e Silva, que completou 50 anos de funcionamento neste ano. Atualmente, a instituição atende em capacidade máxima e conta com 260 alunos matriculados. Conforme afirmado por Ernesto Nogueira, a solicitação de ampliação da escola já é um pedido antigo, que agora poderá ser atendido pelo executivo. 

    “A cidade está crescendo também naquela região e a escola pode ser ampliada e atender a mais crianças ainda”, afirmou Nogueira. Com uma ampliação, a escola municipal poderá aumentar o número de salas –  atualmente existem apenas cinco, e ainda construir espaços que não existem atualmente na instituição como almoxarifado, sala de leitura (biblioteca) e sala para o Sape (Sala de Apoio Pedagógico Especializado).

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

VEJA TAMBÉM: