Editorial – Edição: 818 – sexta-feira, 26-03-21

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
  1. Home
  2. /
  3. Notícias Antigas
  4. /
  5. Editorial – Edição: 818...
    Olá, leitor e leitora do JR

    Esta semana começou como terminou a anterior: com polêmicas e gravações ainda sobre a eleição da Mesa Diretora da Câmara de Rolândia. No final da semana passada, um novo áudio com o vereador Guilherme Spanguemberg foi divulgado e espalhado pelas redes sociais. 

    O vereador explicou nas redes sociais o porquê daquele áudio e prometeu uma entrevista coletiva para a segunda-feira, dia 22, depois da sessão.

    O caso é que a sessão foi ainda mais tumultuada, com direito a um novo vídeo e mais polêmica. Pra “fechar com chave de ouro” (perdoem-nos pelo lugar-comum), a sessão foi encerrada pela Polícia Militar, chamada por ter mais de 10 pessoas aglomeradas na Casa de Leis, o que ia de encontro ao decreto municipal, que está em vigor até o dia 1º de abril, ou seja, na próxima quinta-feira. Em suma, agora há mais material nas mãos da Polícia Civil e do Ministério Público.

    Mudando para a vacinação, as pessoas com de 72 e 73 anos começam a ser imunizadas, com a primeira dose,  nesta sexta-feira em um drive-thru no Batalhão. Nesta semana, só em dois dias, mais de 1,1 mil idosos com mais de 74 anos foram imunizados. A expectativa é que as pessoas com 71 anos sejam todas vacinas e mais algumas de 70 anos. Isso até uma nova chegada de vacinas. Vamos torcer para que isso ocorra o mais rapidamente possível e pessoas de faixas etárias cada vez menores possam ser vacinadas até chegar aos idosos de 60 anos. Depois disso, será a vez das pessoas que têm comorbidades. 

    Infelizmente, nesta semana, o Brasil chegou à triste marca de 300 mil mortos pela Covid-19 e o Paraná ultrapassou os 15 mil casos – Rolândia tinha, até a terça, 125 óbitos.

    Nossas sinceras condolências aos familiares e amigos das pessoas falecidas por causa da doença.
Para terminar, novamente um fogo criminoso chamou a atenção: atearam fogo no mato roçado em volta do lago do Jardim do Lago. Uma lástima.

    O local foi roçado e o material foi deixado lá, não foi recolhido imediatamente. Um erro que também é cometido em volta da Lagoa do San Fernando.

Boa leitura 

Josiane Rodrigues
Editora

José Eduardo
Editor

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

VEJA TAMBÉM: