Gripe: professores e idosos começaram a ser vacinados

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
  1. Home
  2. /
  3. Notícias Antigas
  4. /
  5. Gripe: professores e idosos...
     A 23ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, que começou no dia 12 de maio e se estende até o dia 19 de julho, já iniciou a imunização de idosos e professores em Rolândia. A vacinação, que está feita de forma escalonada, foi separada em grupos prioritários distribuídos em três etapas. Nesta primeira etapa, estão sendo vacinados os trabalhadores da saúde e, desde a semana passada, os idosos e os professores também estão sendo imunizados. 

    Trabalhadores da saúde  
    Quem faz parte do grupo de trabalhador de saúde e ainda não foi vacinado contra Influenza pode comparecer em qualquer Unidade Básica de Saúde mais próxima de sua residência, conforme programação, para receber a dose da vacina e não é necessário agendar. É importante ter em mãos: documento com foto, comprovante de vínculo ativo em estabelecimento de saúde e carteira de vacinação.

    Idosos 
    A Secretaria Municipal de Saúde também vai dar início a imunização dos idosos de 60 anos ou mais. A primeira ação foi feita na sexta-feira (21), no modelo drive thru, das 8:00 às 12:00. A vacinação ocorreu no pátio do 15º BPM de Rolândia e imunizou 376 idosos: 122 doses em pessoas de 60 a 69 anos; 79 doses para idosos de 70 a 79 anos, e 175 doses para pessoas com idade acima dos 80 anos. 

    Mais nesta quinta
    Nesta quinta-feira (27), uma nova ação de drive thru contra a gripe acontece no mesmo local, mas das 13 às 16 horas, para pessoas com idades a partir dos 60 anos. É importante que os idosos levem documento com foto ou carteira de vacinação se for possível, e também que se respeite também o intervalo mínimo de 15 dias após ter tomado a vacina contra a Covid-19. 

    Professores 
    Diferente da vacinação da Covid-19, que ocorre para os trabalhadores da educação no geral, a vacinação da gripe é especificamente para professores da rede básica e da rede de ensino superior. Neste primeiro momento, por conta das poucas doses disponíveis, a ação será centralizada em três Unidades Básicas do município: da Vila Oliveira, do Parigot e do Jardim Santiago. 

    Para receber a dose, basta o professor procurar alguma destas três unidades, sem precisar agendar. É importante que o profissional leve um documento com foto e uma declaração de vínculo ativo com o estabelecimento de ensino, que está disponível no site da prefeitura. 

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

VEJA TAMBÉM: