Dengue: Rolândia não deve ter epidemia neste ano

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
  1. Home
  2. /
  3. Notícias Antigas
  4. /
  5. Dengue: Rolândia não deve...
Rolândia não deve passar por uma epidemia de dengue em 2016. Segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde, foram registrados 69 casos confirmados da doença, desde o início de janeiro até o final de abril. Para chegar a uma epidemia, um município deve ter 300 casos confirmados da doença por 100 mil habitantes. Rolândia possui aproximadamente 60 mil habitantes. Seguindo a proporção, com 180 casos confirmados haveria epidemia.

Os números deixam a Secretaria mais “tranquila”, já que vários municípios do Paraná já estão em alerta de epidemia logo nos primeiros meses do ano. O município possui 779 notificações de casos de dengue. Os dados foram divulgados em reunião do Comitê Intersetorial de combate à dengue no gabinete do prefeito Luiz Francisconi (PSDB), na terça-feira (03).

O Índice de Infestação Predial (IIP) obtido no Levantamento de Índice Rápido para Aedes (LIRA), realizado em abril de 2016, foi de 0,7%, ou seja, a cada 1000 imóveis visitados, sete apresentaram criadouros do mosquito Aedes aegypti. O  índice indica baixo risco de surto de dengue, Zika vírus e Chikungunya e está abaixo do preconizado pela Organização Mundial de Saúde, menos de 1%.

O LIRA permite saber, em curto espaço de tempo, a magnitude da infestação pelo Aedes aegypti e identificar quais os tipos de criadouros preferenciais, e com isso, um direcionamento mais eficiente nas ações contra o mosquito. 
Diversas ações estão sendo realizadas pelos agentes de combate a endemias, tais como vistorias nas residências, indústrias e comércio, bloqueios químicos e mecânicos em casos suspeitos de dengue, Chikungunya e Zika, palestras em escolas, entre outras ações educativas. 
idagencia

idagencia

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

VEJA TAMBÉM: