Maio de 1984: Nossa Senhora Aparecida em Rolândia

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
  1. Home
  2. /
  3. Notícias Antigas
  4. /
  5. Maio de 1984: Nossa...
    Todos nós estamos cientes quão grande é a devoção do povo brasileiro para com Maria, Mãe de Jesus, conhecida sob o título de Nossa Senhora Aparecida. Sempre fiquei admirado e comovido com três tradições religiosas marianas: 1) Todos os dias em todas as estações de rádio, às 18 horas, se toca a “Ave Maria” e se recita a oração do “Ângelus”; 2) Todos os anos, o dia 12 de outubro, festa de Nossa Sra. Aparecida, é um dia sagrado. Em todo Brasil, ao meio dia, se faz um foguetório geral, saudando Nossa Senhora. E, em quase todas as Paróquias se celebra Missa ao meio-dia; 3) Em todas as igrejas se encontra uma imagem “fac símile” de Nossa Sra. Aparecida. E quase todos os brasileiros sentem aquela alegria de visitar o Santuário Nacional pelo menos uma vez na vida, senão todos os anos.

    Por isso, grande foi o entusiasmo e intensa a alegria com que, nos dias 26 a 28 de maio de 1984, recebemos em Rolândia, a imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida, trazida por seu devotado missionário Redentorista, o conhecidíssimo Padre Vítor Coelho de Almeida, cuja causa de beatificação já está em andamento, em Roma. 
  
    Rolândia se tornou, assim, um centro de piedade Mariana para toda nossa região, pois numerosas pessoas vieram das cidades circunvizinhas para participar das seguintes celebrações dentro e defronte da Igreja Matriz.

    Dia 26, um sábado, às 19 horas, aconteceu a chegada e houve uma recepção festiva com missa, quando compareceram cerca de 10 mil pessoas. Em seguida, houve noite de Vigília, com as Comunidades se revezando, de hora em hora, até as 08 horas do dia seguinte. No domingo, dia 27, às 9 horas, houve Missa e Concentração com pregação do Padre Vítor Coelho de Almeida. Às 16 horas do mesmo domingo houve a Missa da “Saúde” e Procissão, da qual, aproximadamente, 15 mil pessoas estiveram participando. 

    Este foi realmente um espetáculo de fé e de amor para com Nossa Sra Aparecida. Em todas essas celebrações, foi dada, com a devida autorização do Sr. Arcebispo, a absolvição comunitária. Na segunda-feira, dia 28, às 7 horas da manhã, houve Missa e despedida da Santa. Este tipo de manifestação religiosa ainda causa efeitos salutares em muita gente.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

VEJA TAMBÉM: