De 500 reais para o mundo

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
  1. Home
  2. /
  3. Notícias Antigas
  4. /
  5. De 500 reais para...
Mesmo com pouca experiência, a produtora de Londrina Muvk se destacou e irá exibir seu segundo curta-metragem, ‘O Canto do Claustro’, na 69° edição do Festival de Cannes. O evento acontece na França do dia 11 ao dia 22 de maio e reúne os mais famosos do mundo cinematográfico.

Muvk é formada por Lucas Meyer, 21 anos, Gustavo Nakao, 20 anos, e Luciano Albulquerque, 28 anos. Gustavo, diretor e roteirista, enxerga no Festival uma grande chance. “Foi o segundo curta-metragem que produzimos e já recebemos essa indicação. Estamos muito felizes e empolgados. A seleção nos abriu portas e oportunidades de novos trabalhos”, contou.

O filme impressiona pelas peculiaridades. As imagens foram feitas em Londrina e na cidade vizinha, Rolândia, mais precisamente na Pousada Marabú. Isso ajudou e muito, já que o orçamento foi de apenas R$500,00. No total, dez pessoas participaram e toda a produção levou um ano para ser concluída, entre gravações e edições.

Eles não precisaram colocar a mão no bolso para concluir o projeto, tudo foi financiado por amigos. “Não fizemos crowdfunding nem nada parecido. Foi uma espécie de ação entre amigos espontânea. Um amigo aqui se dispunha a ajudar, o outra também e foi indo”, conta Nakao.

O tema abordado por eles está ligado à depressão e ansiedade e o roteiro passou por mais de uma dezena de ajustes. Além de Cannes, a Muvk foi premiada em 2015 com o curta “Junie” como o Melhor Curta Londrinense do Festival Kinoarte de Cinema.
idagencia

idagencia

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

VEJA TAMBÉM: