Saúde: Gengivite – artigo escrito por Dr. Anderson Miyazato

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
  1. Home
  2. /
  3. Notícias Antigas
  4. /
  5. Saúde: Gengivite – artigo...
Uma inflamação da gengiva é o estágio inicial da doença da gengiva e
a mais fácil de ser tratada. A causa direta da doença é a placa – uma
película viscosa e incolor de bactérias que se forma, de maneira
constante, nos dentes e na gengiva. Se a placa não for removida pela
escovação e uso de fio dental diários, ela produz toxinas (ácidos) que
irritam a mucosa da gengiva causando a gengivite.

Neste estágio inicial
da doença gengival, os danos podem ser revertidos, uma vez que o osso e o
tecido conjuntivo que segura os dentes no lugar ainda não foram
atingidos. Entretanto, se a gengivite não for tratada, ela pode evoluir
para uma periodontite e causar danos permanentes aos dentes.

Como sei que tenho gengivite?
Os
sintomas clássicos da gengivite incluem gengiva vermelha, inchada e
sensível que pode sangrar durante a escovação. Outro sintoma de doença é
o recuo ou retração da gengiva, conferindo aos dentes uma aparência
alongada. A doença gengival pode formar bolsas entre os dentes e a
gengiva, onde se acumulam restos de comida e placa. Algumas pessoas têm
mau hálito frequente ou sentem gosto ruim na boca, mesmo se a doença não
estiver em estágio avançado.

Como posso prevenir a gengivite?
Uma
boa higiene bucal é essencial. A limpeza profissional também é
extremamente importante, pois uma vez que a placa se acumula e endurece
(ou torna-se tártaro), apenas o dentista pode removê-la.

Fonte: Colgate

Dr. Anderson Miyazato se formou em 2002,  e logo se tornou especialista
em duas áreas que hoje é o foco principal que rege o consultório:
Prótese Dental (Reabilitação Oral) e Implantodontia.

idagencia

idagencia

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

VEJA TAMBÉM: