UBSs trabalham com prevenção à Hanseníase

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
  1. Home
  2. /
  3. Notícias Antigas
  4. /
  5. UBSs trabalham com prevenção...
As Unidades Básicas de Saúde (UBS) trabalharam com a prevenção à Hanseníase no início do mês de junho. Em Rolândia, a prevalência da doença é baixa, de 0,33 para 10.000 habitantes, mas o ideal seria não existir nenhum caso. “Por isso não podemos baixar a guarda, daí importância das ações preventivas e de educação em saúde com a população”, afirma Denise Freire, gerente do Departamento de Avaliação e Monitoramento das Ações em Saúde de Rolândia.

A atuação das Equipes da Estratégia Saúde da Família é fundamental, pois são os grupos que realizam o acompanhamento dos pacientes e seus contatos mensalmente, monitorando a resposta e adesão ao tratamento.
Todos os casos de hanseníase têm cura. O tratamento, oferecido pelo Sistema Único de Saúde (SUS), consiste de uma associação de medicamentos chamada de poliquimioterapia (PQT), que evita a resistência do bacilo e deve ser administrada por seis meses ou um ano, dependendo do caso. Uma vez por mês, o paciente recebe uma dose supervisionada da medicação na UBS e leva uma cartela com as medicações padronizadas para casa. As lesões de pele podem desaparecer logo, o que não quer dizer que a pessoa esteja curada, por isso a importância de respeitar o tempo de tratamento. 
idagencia

idagencia

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

VEJA TAMBÉM: