Pedágio: Ardigo sugere “estrada alternativa”

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
  1. Home
  2. /
  3. Notícias Antigas
  4. /
  5. Pedágio: Ardigo sugere “estrada...
Assessoria da Câmara 
O vereador João Ardigo (PSB) discursou nasegunda-feira (06) durante o período das lideranças partidárias e sugeriu que Rolândia e Arapongas encontrem alternativas para facilitar a vida de seus munícipes que pagam o pedágio diariamente e desafiou o Executivo a ter coragem nesta luta.

A ideia surgiu após ter participado de uma palestra com o deputado estadual, Tercílio Turini (PPS), que destacou a preocupação na renovação do atual contrato já que não existe cláusula. Assim não há como criar mecanismos para ajudar municípios que busquem isentar seus munícipes da tarifa.

Ardigo explica que entre as cidades de Rolândia e Arapongas percebe-se que diariamente um fluxo intenso de caminhões, veículos e motos, e que diversas pessoas passam diariamente pela praça de pedágio, seja para estudar, trabalhar, transportar cargas ou visitar parentes e amigos e pagam um valor tanto para ir como para voltar e torna-se inviável tal deslocamento, principalmente pelo valor praticado pelas concessionárias.

João Ardigo, analisando há tempos esta questão, chegou a sugerir inclusive através do seu Requerimento de nº 234/2016, que a Concessionária de Pedágios VIAPAR, estude a viabilidade de não cobrar a taxa de pedágio dos pequenos empresários, trabalhadores, estudantes com veículos ou motos com emplacamento do Município de Rolândia, mas ainda não obteve resposta.

Diante desta situação, João Ardigo deve apresentar um novo Requerimento solicitando que a prefeitura de Rolândia crie uma estrada alternativa para ajudar os rolandienses a não precisar pagar a tarifa e que vai solicitar ainda que os vereadores de Arapongas faça o mesmo em sua cidade, mas adiantou que não será nada fácil. “Eu quero ver o prefeito que vai ter peito para bancar isso aí, mas nós vamos tentar de alguma forma ajudar nesta questão fazendo nossa parte já que o novo Plano Diretor será discutido em breve”, explica.
idagencia

idagencia

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

VEJA TAMBÉM: