Rolândia: cada vereador passa a ter um assessor

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Política
  6. /
  7. Rolândia: cada vereador passa...

Projeto prevê a criação de 10 novos cargos comissionados e a diminuição de 10 para seis cargos da Mesa

A estrutura do Legislativo de Rolândia está sendo reformulada. Os vereadores e vereadoras rolandenses não possuem assessor parlamentar individual, ou seja, cada parlamentar recebe ajuda de um assessor comum a todos. Isso pode começar a mudar a partir da aprovação de um novo projeto de lei proposta pelo próprio Legislativo Municipal.

Na tarde da quarta-feira (19), uma sessão extraordinária, feita por videoconferência, aprovou a criação de 10 novos cargos comissionados – agora, cada vereador ou vereadora terá o seu próprio assessor parlamentar. A Câmara Municipal também aprovou a diminuição do número de cargos comissionados da Mesa Diretora: passa de 10 para seis.

Atualmente, dos 10 cargos comissionados da Câmara, apenas oito deles estão ocupados e todos indicados pela Mesa Diretora. Com as mudanças, a Mesa Diretora passará a indicar seis cargos comissionados e cada um dos vereadores indicará o seu assessor, que ficará sobre sua responsabilidade. Portanto, o número de cargos pode chegar a 16.

Essas indicações só poderão ser feitas, se a lei for realmente aprovada, a partir do dia 1º de abril. O assessor parlamentar terá um salário bruto de R$ 4,4 mil e, a partir de novembro deste ano, esse salário passará a ser R$ 4,8 mil, também em valor bruto.

As mudanças agora vão para segunda votação em uma nova sessão extraordinária, também por videoconferência, nesta quinta-feira (20).

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

vagas de emprego

JORNAL DE ROLÂNDIA – VAGAS SINE

CONFIRA AS VAGAS DISPONÍVEIS PARA ESTA SEXTA-FEIRA, 20/05 Assistente Administrativo/ PPCP Assistente Téc. Seg. Trabalho Auxiliar de contabilidade*** Auxiliar de Mecânico Diesel Auxiliar de Produção Auxiliar