Rolândia: Câmara devolve R$ 1 mi ao Executivo

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Política
  6. /
  7. Rolândia: Câmara devolve R$...

Cheque simbólico no valor de R$ 1 milhão foi entregue pelo presidente do Legislativo, Reginaldo Silva, ao prefeito Ailton Maistro

Ailton Maistro e Reginaldo Silva

O Legislativo rolandense devolveu R$ 1 milhão aos cofres públicos na segunda-feira (6). Na data, o presidente da Câmara, Reginaldo Silva (PSD), recebeu o prefeito Ailton Maistro (PSL) e o secretário municipal de Finanças, Éder Evangelista. Reunidos na sede da Câmara, o vereador entregou o cheque simbólico ao prefeito de Rolândia. O valor é referente à economia do Legislativo no ano de 2021.

Conforme previsão na Constituição Federal, a Câmara recebe mensalmente repasses da Prefeitura para seu custeio. O Legislativo Municipal fez o adequado uso do recurso e a economia é fruto das ações de austeridade adotadas pela Casa de Leis. A verba volta aos cofres da Prefeitura, que vai utilizar o montante em serviços públicos em benefícios do cidadão rolandense.

“Devolvemos hoje R$ 1 milhão aos cofres da Prefeitura, que serão utilizados em serviços públicos ao cidadão rolandense, principalmente na área de Saúde, conforme solicitação dos vereadores”, ressaltou Reginaldo Silva. O presidente da Câmara também lembrou que o valor a ser economizado será ainda maior neste ano.

“Já foi aprovado por unanimidade pelos vereadores um Projeto de Lei cuja finalidade é a de interferir no repasse mensal, especificamente no mês de dezembro. Nesse mês os recursos não serão repassados ao Legislativo, haja visto que os valores existentes em conta são suficientes para o restante do ano e mantendo a economia, possivelmente teremos uma nova devolução antes do final de 2021”, lembrou Reginaldo.

Participaram do ato as vereadoras Prof.ª Janaína Beneli (PSL) e Cristina Pieretti (PP), os vereadores Andrezinho da Farmácia (PSL), Guilherme Spanguemberg e Isaac Altino (ambos PTB), Ratolino (Avante), Rodrigão (PSD), Sandro Leonardi e Vilmar Boy (ambos PTB), além do diretor geral da Câmara, Reginaldo Burhoff.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

Cotidiano

Sobre as matérias desta edição

Editorial – edição: 873 – sexta-feira, 27/05/22 Olá, querido leitor e cara leitora do JR Neste editorial, abordaremos um pouco das matérias que estão nesta

Religião

Jesus disse ‘sim’

Por Monsenhor José Ágius Nosso catecismo básico diz que Jesus morreu para nos salvar. Difícil é explicar porque ele teve que morrer. Dizer que é