Covid: Janssen começa a ser aplicada na região

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Saúde
  6. /
  7. Covid: Janssen começa a...

Reforço da Johnson começou a ser dada em Jaguapitã na terça, em Cambé nesta quarta, em Rolândia na quinta e, em Prado, nesta sexta

Região já recebeu as doses da Janssen – Foto: Breno Esaki/Agência Saúde DF

As doses de reforço da vacina da Covid-19 em quem recebeu o imunizante da Janssen (da Johnson & Johnson) já começaram a ser dadas na região. A princípio, a vacina da Janssen era de dose única, mas estudos feitos o Ministério da Saúde (MS) orientam a aplicação de uma dose de reforço para esse imunizante para garantir a eficácia esperada da vacina contra o vírus. O intervalo entre as duas doses deve ser de dois a seis meses, segundo o MS.

Cidades

Em Jaguapitã, a aplicação da Janssen começou na terça-feira (14), quando 10 doses foram dadas. A aplicação do imunizante continua nos próximos dias, mas sempre que a Saúde do município reunir cinco pessoas. “É uma vacina que se estraga rapidamente e só abrimos o frasco com as cinco doses quando já temos o mesmo número de pessoas prontas para serem vacinadas”, explicou Jéssica Rabelo, chefe da Vigilância Sanitária de Jaguapitã.

Já em Cambé a vacinação está marcada para esta quarta-feira (15) para as pessoas que receberam a 1ª dose da Janssen até o dia 07 de julho. A aplicação do imunizante será na Rodoviária da cidade (Avenida Brasil, 1336 – Vila Salomé) no período das 8 às 12 horas.

Em Rolândia, a dose de reforço da vacina da Johnson & Johnson será dada nesta quinta-feira (16), das 08h30 às 16 horas, no Centro Pastoral João de Deus para quem tomou a 1ª dose até dia 15 de outubro. Nos mesmos dia e local, também será aplicada da 3ª dose para quem recebeu a 2ª dose, de outros imunizantes, até o dia 15 de julho.

Já em Prado Ferreira, onde chegaram 20 doses da Janssen, a imunização será nesta sexta-feira (17) para as pessoas que receberam a D1 em maio e junho. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde de Prado, como as doses não serão suficientes para todos os vacinados com Janssen, serão imunizados primeiramente os grupos prioritários.

É obrigatório levar um documento com foto, CPF ou cartão do SUS, comprovante de residência e a carteira de vacinação com a anotação da primeira dose.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

Saúde

Rolândia tem nova morte por Covid

Vítima foi mulher de 60 anos que tinha doença pulmonar; município registra 257 óbitos por causa da doença Rolândia voltou a registrar uma morte em