2022: Rolândia terá aplicatico contra a violência

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Segurança
  6. /
  7. 2022: Rolândia terá aplicatico...

Representantes municipais foram até Brasília para assinar o termo de cooperação técnica para implantação do aplicativo

Diego Silva, Damares Alves, Ailton Maistro e Fernando Ferreira

O município de Rolândia vai implantar um aplicativo chamado “Rolândia Contra Violência”, em parceria com o Ministério da Mulher da Família e do Direitos humanos, em 2022. No dia 29 de novembro, o prefeito Ailton Maistro, o secretário de Assistência Social, Diego Silva, e a diretora de Proteção Especial, da Assistência Social, Fernanda Buranello, estiveram em Brasília na presença da ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, e do ouvidor Nacional dos Direitos Humanos, Fernando Ferreira, para assinar o termo de Cooperação técnica para implantação do aplicativo.

“Acabamos de assinar uma parceria do nosso Ministério e a prefeitura para juntos enfrentarmos a violência contra mulheres, contra criança e contra a pessoa idosa. Nesse período pandemia, especialmente as pessoas idosas e pessoas com deficiências foram vítimas de violência, e agora estamos somando forças. Quero agradecer ao prefeito pela iniciativa conosco e pela vontade de fazer a diferença”, Damares Alves.

Durante o encontro, Ailton Maistro afirmou que a parceria é algo muito positivo para o município. “Sozinhos não fazemos nada. Juntos nós nos fortalecemos e tenho certeza que essa parceria vai reverter todo o quadro de violência e esse quadro será demandado com muito mais firmeza e mais facilidade”, ressaltou o prefeito.

O secretário Diego Silva citou a campanha iniciada em maio “Rolândia Contra a Violência” e comemorou a parceria. “Tenho certeza que em 2022 teremos muitas outras notícias boas e vamos enfrentar com muito trabalho qualquer tipo de violência”, afirmou.

A manutenção desse aplicativo é de custo zero para o município, a contrapartida será o encaminhamento ágil para rede serviços de proteção para garantir que a denúncia chegue de maneira mais rápida e a rede de proteção possa atender e garantir a proteção para a pessoa vítima de violência. Rolândia é a primeira cidade do Paraná a formalizar essa parceria. A previsão para lançamento do Aplicativo é para o início do próximo ano.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

Cotidiano

Sobre as matérias desta edição

Editorial – edição: 873 – sexta-feira, 27/05/22 Olá, querido leitor e cara leitora do JR Neste editorial, abordaremos um pouco das matérias que estão nesta

Religião

Jesus disse ‘sim’

Por Monsenhor José Ágius Nosso catecismo básico diz que Jesus morreu para nos salvar. Difícil é explicar porque ele teve que morrer. Dizer que é