Justiça adia julgamento de pai e avó de Eduarda Shigematsu

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Segurança
  6. /
  7. Justiça adia julgamento de...

O júri estava marcado para a última quinta-feira no Fórum de Rolândia

O julgamento de Ricardo Seidi e Terezinha Guinaia, acusados de envolvimento na morte de Eduarda Shigematsu, foi adiado novamente. O júri estava marcado para a quinta-feira (26/05) no Fórum de Rolândia. Ainda não há uma nova data para o julgamento.


O adiamento foi por causa do pedido da defesa de Ricardo para a reconstituição dos fatos. A informação é do juiz de Rolândia, Alberto José Ludovico.


O MP do Paraná e a assistência de acusação foram contra o pedido, pois passou-se muito tempo do crime – abril de 2019 – e os locais dos fatos sofreu alterações.

O crime
Eduarda, de 11 anos, foi encnotrada morta e enterrada na garagem de uma casa que pertence a seu pai, Ricardo, em abril de 2019. Ricardo confessou a ocultação do cadáver, mas negou o assassinato e disse que ela teria se suicidado.


Mãe de Ricardo e avó de Eduarda, Terezinha Guinaia chegou a ficar presa por quase dois meses e responde em liberdade. Ela é processada por ocultação de cadáver e por falsidade ideológica.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

Segurança

Fim de semana violento em Rolândia

Segurança é encontrado morto na madrugada do sábado, mesmo dia em que motociclista é arremessada por carro na Pres. Vargas O município de Rolândia teve