Reunião do trade turístico de Ilha do Sol mostra a força do turismo regional

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. turismo
  6. /
  7. Reunião do trade turístico...

No encontro, a presidente da Adetunorp, Adriana Pontin, destacou que a entidade superou os desafios de 2021 e consolidou um crescimento expressivo durante esse período

O encontro foi realizado em Londrina

Reunião do trade da nova região turística de Ilha do Sol, que abrange o Norte do Paraná, com a presença de mais de 20 municípios, faz balanço sobre os avanços do setor em 2021 e consolida a força do turismo da região. O encontro em Londrina foi organizado pela Agência de Desenvolvimento Turístico da Região Norte do Paraná (Adetunorp), da qual fazem parte os 27 municípios: Alvorada do Sul, Arapongas, Assaí, Cafeara, Cambé, Centenário do Sul, Figueira, Florestópolis, Ibiporã, Jaquapitã, Jataizinho, Londrina, Lupionópolis, Miraselva, Nova Santa Bárbara, Pitangueiras, Porecatu, Prado Ferreira, Primeiro de Maio, Rancho Alegre, Rolândia, Santa Cecília do Pavão, Sertaneja, Sertanópolis, São Jerônimo da Serra, Sapopema e Tamarana.

No encontro, a presidente da Adetunorp, Adriana Pontin, destacou que a entidade superou os desafios de 2021 e consolidou crescimento expressivo no período. No início do ano, a associação reunia 18 municípios, mas chegou ao fim de 2021 com 27 associados, sendo que 25 deles já estão com a documentação pronta para serem incluídos no Mapa do Turismo Brasileiro. “É um resultado importante que alcançamos com trabalho árduo e o investimento no associativismo”, afirmou, destacando que o objetivo para 2022 é consolidar os grupos de trabalho para debate e implementação de ações que tragam oportunidades para setores específicos, como cultura, gastronomia e ecoaventura.”

As ações estratégicas adotadas em 2021 incluem a estruturação do estatuto e a elaboração do regimento interno da Adetunorp, a sensibilização dos associados para participação efetiva nas ações e o lançamento do Portal Turístico Ilha do Sol, a marca própria do turismo do Norte do Paraná, que homenageia a ilha localizada no encontro dos rios Paranapanema e Tibagi, onde está sendo construído o Residence Club at the Hard Rock Hotel Ilha do Sol.

Ilha do Sol no mapa do turismo mundial
Em agosto, um evento marcou o lançamento da marca Ilha do Sol, desenvolvida com apoio da Secretaria de Estado de Turismo e que é gerida pela Adetunorp. A marca foi oficializada por lei estadual sancionada em junho pelo governador Ratinho.

A região aproveitou o marketing internacional em torno na Ilha, onde está sendo construído o Residence Club at the Hard Rock Hotel Ilha do Sol, para consolidar a marca própria e trabalhar a identidade do turismo regional de forma unificada em todo o país e no exterior.

“Estamos felizes de poder participar desse projeto das comunidades locais e satisfeitos porque a presença do Hard Rock Hotel Ilha do Sol está gerando frutos para toda a região. Vamos levar a marca Ilha do Sol para o mundo inteiro por meio da promoção global da rede Hard Rock Hotel”, afirma Enio Miranda, vice-presidente de relações institucionais e parcerias estratégicas da VCI SA, incorporadora do empreendimento.

Miranda mudou-se para Londrina com o objetivo de promover o bom relacionamento com os municípios que serão beneficiados pelo empreendimento e promover a região como um todo. “Visitei grande parte dos municípios do Portal Ilha do Sol nos últimos meses, pude conhecer melhor a região e me surpreendi com o potencial. A paisagem é belíssima, boa gastronomia, atrativos naturais e ainda maravilhas arquitetônicas como o roteiro das igrejas entre os municípios”, revela.

Associativismo em alta
No encontro, já foram listados os possíveis grupos de trabalho que devem ser consolidados em 2022. Sérgio Carneiro, presidente do Instituto de Desenvolvimento Regional (IDR), chamou atenção para a importância de focar no potencial do turismo rural associado à gastronomia, como já acontece com a Rota do Café e a Rota do Queijo. “Estamos apoiando 170 pequenas cooperativas paranaenses para que elas possam inclusive se beneficiar do crescimento do turismo.”

Durante o evento, foi aberto espaço para indígenas da aldeia Água Branca, de Tamarana, divulgarem a 1ª edição dos Jogos Indígenas, que se realizam nos dias 30 e 31 de dezembro de 2021 e 1º de janeiro de 2022. Entre as modalidades disputadas, haverá arremesso de lança, corrida de tora, cabo de guerra, corrida, tiro de zarabatana e tiro de arco e flecha.

Ao final do encontro, a Invest Paraná apresentou aos presentes o sistema japonês “Michi no Eki” (Estações da Estrada), que pretende unificar o serviço de rodoviárias do estado.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM: